Wilma, sobre eleição 2014: “Não conversei com ninguém e não pretendo conversar agora”

Ex-governadora Wilma negou que tenha havido conversas de aliança com o PMDB

vilma

A ex-governadora e presidente estadual do PSB, Wilma de Faria, disse na manhã de hoje que já percorreu 65% dos municípios do Estado, onde tem ouvido a população a respeito dos problemas que atingem cada município. Ontem pela manhã, ela esteve em Macaíba, visitando o Restaurante Popular, a Casa da Cultura e o Desenvolvimento Solidário, programas que funcionavam na gestão dela e que estão suspensos ou deficitários no governo Rosalba.

“Eu estou visitando. Quando terminar as visitas, vou me definir sobre 2014. Estou visitando o resto do estado. Já visitei quase 65% dos municípios. Espero ir a 100% deles até o final de março”, explicou a governadora, que lidera as pesquisas de intenção de voto para o governo. “O PSB está conversando com os partidos que estão se dispondo a conversar conosco. Mas está cedo, agora chega dezembro, é esperar passar o veraneio, tem tempo, ninguém pode ficar ansioso com nada, ninguém pode ter ansiedade”.
Wilma negou que tenha havido conversas de aliança com o PMDB. Por enquanto, segundo ela, são só conversas e amigos comuns de PSB e PMDB. “Não conversei com ninguém e não pretendo conversar agora, não. Estou fazendo aquilo que já disse, conversando com quem já tinha nos procurado”, disse, Wilma, enfatizando, no entanto, que não está de portas fechadas. “Já disse que não estamos de portas fechadas para conversas. Agora, aliança é outra coisa”.

Vice-prefeita de Natal, a ex-governadora Wilma de Faria é hoje a principal liderança da oposição à governadora Rosalba Ciarlini. Ela estaria para Rosalba Ciarlini o que Carlos Eduardo foi para a ex-prefeita de Natal Micarla de Sousa: uma liderança desejada pela população, diante do desgaste administrativo de Rosalba Ciarlini.

Quanto às alianças partidárias com vistas à sucessão de 2014, Wilma não descarta se candidatar ao governo. No entanto, não admite ainda que seja pré-candidata. Quando aos partidos que estiveram com Rosalba até recentemente, a exemplo do PMDB e PR, Wilma ainda não conversou. Foi procurada recentemente por João Maia (PR) e tem sido cortejada por Henrique Alves (PMDB).

Fonte: JH

 

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*