Votos de Fátima Bezerra custaram quatro vezes menos que os de Wilma

Eleita com vantagem de 160 mil votos sobre Wilma, Fátima gastou 3 vezes menos

fatima

Dinheiro não faltou para a campanha de Wilma de Faria (PSB). Pelo menos, é isso que apontou a declaração de contas dela, sobretudo, se comparado ao que a adversária Fátima Bezerra (PT), que acabou se elegendo, gastou. Em levantamento feito pel’O Jornal de Hoje, inclusive, é possível constatar que a Wilma gastou R$ 14,69 por voto, enquanto a petista teve uma despesa de apenas R$ 4,21 por cada eleitor conquistado.

Na lista de despesa de Wilma de Faria (que gastou cerca de R$ 20 mil a mais do que arrecadou), destaque para os pagamentos feitos a empresas de marketing e produção de vídeo.

Foram R$ 778 mil para a Eba Comunicação e Marketing e mais R$ 210 mil para a Base Propaganda. A Bekerman e Fonseca Serviços recebeu outros R$ 208 mil e a Ac & T Serviços de Acabamentos Gráficos, R$ 289 mil.

GASTOS

A Abreu e Souza Produtora de Vídeo, porém, foi a que mais ganhou para trabalhar na campanha de Wilma de Faria. Foram mais de R$ 1,13 milhão recebidos ao final do trabalho com a candidata do PSB. Detalhe que a empresa pertence a Adriano de Souza, que coordenou o marketing da campanha de Henrique Eduardo Alves, do PMDB, ao Governo do Estado, mas acabou deixando a disputa por não conseguir fazer o peemedebista vencer de Robinson Faria no primeiro turno.

No caso de Fátima Bezerra, os maiores gastos foram com a War Map Comunicação, com uma despesa de R$ 950 mil para a petista, e a OffSet Gráfica, de R$ 435 mil. Há um ponto curioso também na campanha da senadora eleita pelo PT: os gastos no valor de R$ 363 mil não tiveram seus recebedores especificados. Foram explicitados, apenas, a “baixa de recursos estimáveis em dinheiro”.

JH

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*