Tenente da PM é preso acusado de matar lutador de MMA

tenenteO tenente da Polícia Militar, Iranildo Félix, foi preso nesta segunda-feira (24), devido a suspeita de ter matado o lutador e professor de MMA, Luis de França, morto no dia 10 de fevereiro.

Luis foi morto a tiros quando saia de treino da academia Alta Performance, que fica na rua Serra da Jurema, no conjunto Cidade Satélite, zona Sul de Natal.

Desde o primeiro momento, Iranildo foi apontado como principal suspeito e um desentendimento entre aluno e professor foi dito como o possível motivo. No entanto, as investigações caminharam para um envolvimento entre Luis e a esposa de Iranildo.

A delegada Sheila Freitas liderou as investigações e elucidou o crime, colocando Iranildo Félix realmente como autor do crime.

A morte chocou a comunidade esportiva. Muitas homenagens foram feitas ao lutador, em eventos esportivos e comemorações, como formaturas. Ao entrar no octagon neste domingo (23), no UFC Natal, o lutador Ronny Markes entrou com uma camisa pedindo justiça por essa morte. Ronny era companheiro de treinos de Luis na academia Kimura Nova União.

Esposa de Iranildo

Menos de uma semana da morte de Luis de França, a esposa dele, Izânia Alves, foi assassinada e o próprio Iranildo sofreu um tiro. As investigações nesse crime continuam, para saber se há ligação entre os acontecimentos.

Defato

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*