Sub. Tenente: Luiz Carlos de Souza, pede direito de resposta em matéria que envolve o destacamento policial militar ao qual ele é comandante e responsável”.

carlos

Veja na integra:

Em primeiro lugar gostaria de parabenizar o vereador EDNOR ALBUQUERQUE DE MELO, pelas duas grandes conquistas, primeiro em ser vereador em uma cidade como Guamaré, e em segundo lugar em ser um advogado, pois sei da grande dificuldade em se formar como advogado, pois eu, LUIZ CARLOS DE SOUZA, já tenho dez anos que tento e não consigo, por motivo do trabalho tomar meu tempo, que hoje e dedicado todo a segurança do município, e não dispor de tempo para deslocar-me ate a capital do Estado para Cursar o 5° ano, que me resta; porem deixamos de lado e vamos ao que interessa; e ser justo é bonito e defender o direito das pessoas ainda é mais importante; sobre o índice de violência na cidade de Guamaré, precisamente sobre homicídios, temos a relatar que na cidade de Guamaré, infelizmente como em todas as cidades do Estado existe o fato chamado drogas ilícitas, o que leva as quadrilhas a praticarem este tipo de crime, por exemplo: se um traficante abre uma boca de fumo em determinado local, algum traficante que já esta instalado naquele local não vai gostar e, o resultado possivelmente é, a morte por disputa de ponto de trafico de drogas ilícitas, se um traficante não paga a sua divida, por ter sido preso e a droga apreendida (Prejuízo) ou ate mesmo consumir a droga ao qual lhe foi confiada para comercialização, o resultado é a morte daquele traficante, para que sirva de exemplo e os demais não venha a cometer aquele fato que é repudiado entre eles (Traficantes de drogas), então, no nosso Estado em variadas cidades, temos vários exemplos disto, ou seja varias mortes por estes motivos, inclusive, com prisões recentes de equipes que são profissionais e são contratadas já para cobrar estes tipos de dividas, não sabemos porque isto fica no submundo do crime; Este vereador vive em orbita ou não acompanha os noticiários em dizer que em Guamaré, existe números de homicídios igual ou superior a grande Natal (Natal, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Parnamirim, Extremoz e Ceara Mirim – RN.),  ele também confunde-se quando diz na tribuna da casa do povo que o elegeu para defender os seus direitos, quando diz que houve quatro homicídios na cidade de Guamaré, onde na verdade no nosso ver não houve sequer um, ou seja, um cidadão por nome de: MAGNOS KELY JERONIMO DA SILVA, alcunha: TCHÊ, foi  vítima de disparos de arma de fogo próximo a sua residência na rua: João pessoa, distrito de Baixa do Meio, zona rural de Pedro Avelino (RN); e a Polícia Militar, desta cidade de Guamaré, que estava de repouso no Posto Policial de Baixa do Meio, situado na rua: Presidente Bandeira, s/n°, Guamaré (RN), foi acionada logo em seguida, por populares anônimos, e por ter os Policiais de serviço (Sds. G. A. HISSA e ELTON) haverem chegado as cinco horas da manha daquele mesmo dia, rondando na cidade e, atendendo ocorrências Policiais Militares, tal qual como: Proteção de área bancaria, residência dos moradores, enquanto dormem e demais necessidades, que talvez o digníssimo vereador EDNOR, não tenha conhecimento, por não conviver direto na cidade, ou ate não sair em horários noturnos, mesmo sendo conhecedor de que o fato ocorreu na cidade de Pedro Avelino (RN)., a guarnição, comandada por este SUBOFICIAL, deslocou-se até o local da ocorrência para efetuar o procedimento de praxe que é: isolar o local, para ficar preservado ate a chegada da Polícia Civil, o que foi feito, mesmo sabedor que não era de nossa competência pois tratava-se de uma cidade alheia a nossa, ou seja, Pedro Avelino, inclusive este comandante ao saber dos fatos (Homicídio) deslocou-se de minha residência, onde também repousava, por haver trabalhado ate as 02h30m., de carona com um cidadão de nome JOÃO MARIA, de apelido: CAROÇÃO, que na ocasião destinava-se a Macau e, voltou de imediato e trouxe-me até o Posto Policial, para que junto aos dois PMs., acima citados pudessem atender a ocorrência, o que foi feito mesmo sabedor que não era a nossa obrigação por tratar-se de outra circunscrição Policial, lá chegando cerca de 25 minutos depois do homicídio, fizemos os procedimentos cabíveis a Policia Militar, mesmo sabendo ser outra cidade e, sabedor de que tratava-se de um ex – detento, porem ali tinha uma pessoa humana e, nestes momentos nada justifica tamanha barbárie, então o vereador EDNOR, que era advogado da vítima equivocou-se em dizer que ouvi quatro homicídios em nossa cidade, porque o TCHÊ, foi morto na cidade de Pedro Avelino; Sobre um casal que foi morto na zona rural de Caiçara do Norte, o caro amigo vereador (advogado) também esta equivocado, pois Caiçara não é Guamaré, o casal residia em Lagoa Seca, porem foram a óbito na zona rural de Galinhos ou Caiçara do Norte.

Em quarto lugar, até agora não houve nenhum crime de homicídio nesta cidade, ou ele já sabe da morte de um quarto desaparecido, ou não assisti TV, ou lê, porque, existem prazos para declarar o desaparecido como morto; então preocupado com cidadãos, pedi o direito de resposta ao BLOG GUAMARÉ EM DIA, em virtude das palavras mentirosas do vereador: EDNOR ALBUQUERQUE, no plenário da Câmara Municipal, e que foi vinculada neste Portal, vereador este, que é de porta de Delegacia e só defende traficantes e outros bandidos desta espécie.

Sobre as diárias operacionais, que foi feito uma lei na Câmara Municipal, desta urbe, de iniciativa do Poder Executivo, temos a esclarecer que tal fato deu-se devido principalmente as explosões de bancos, assaltos ao comercio e casas que trabalham com dinheiro, como correios,  lotéricas, e pague fácil o comercio em si, e seus cidadãos de bem que residem e moram nesta cidade de Guamaré, e que a Prefeitura vem cumprindo rigorosamente com o pagamento das Diárias Operacionais, que proporcionou a vinda para esta cidade de Policiais especializados, como: Grupos Táticos, da Capital do Estado, Grupos de GTOs., de Macau e Assu (RN) e, principalmente a vinda do BOPE, em exclusivo de grupos especiais de dentro do Batalhão (BOPE), e a população é testemunha de nossos esforços para garantir a maior sensação de segurança que a Polícia Militar pode proporcionar, procure nobre vereador EDNOR, saber qual dos municípios do Estado conseguiu trazer o BOPE, para diuturnamente permanecer na cidade, isso só foi possível graças a disponibilidade do Prefeito Municipal, e meu interesse em garantir a população deste município, segurança, o que foi feito, ou seja, os Bancos até hoje ainda não foram estourados aqui na nossa cidade, o correio até hoje também não, nem os comerciantes em geral, da cidade não foram assaltados, com exceção de uma pequena tentativa sem êxito no conjunto Vila Maria, porém mesmo sem ser nossa obrigação, pois é da orçada da Policiai Civil, já identificamos e, a pouco espaço de tempo os deteremos, ao contrario de cidades vizinhas, como Alto do Rodrigues, Pendências, Jandaíra, João Câmara, Caiçara e São Bento do Norte, mesmo sabedor que os comandantes e seus PMs., são esforçados, não conseguem evitar os frequentes assaltos, ou o senhor vereador EDNOR não assistir TV., ou tá no mundo da lua.

Não posso aqui falar por o Bel. DELMONTIÊ FALCÃO, por ser apenas o seu colaborador, porém sou sua testemunha, que ele, mesmo respondendo por várias cidades, sempre que o procurei, através dele mesmo ou de seus auxiliares diretos, fomos atendidos e repassamos os  ocorridos da melhor forma possível, e ele que sempre tomou as providências cabíveis junto com a sua equipe, fazendo o seu papel de Policia Judiciária (Policia Civil), confeccionando os Boletins de Ocorrências, Termos circunstanciados de Ocorrências, Boletins de Ocorrências Circunstanciados, Inquéritos Policiais, dentre outros documentos de sua responsabilidade, inclusive tendo a população já diferenciando as Policias: Civil e Militar, o que foi uma dificuldade.

Sobre o Secretário o Bel. João Batista, Secretário Municipal de Segurança Pública, desta cidade, que também é Policial Militar, tenho a dizer mesmo sem sua autorização, que ele não tem responsabilidade direta sobre os homicídios que ocorreram nas circunscrições circunvizinhas, pois a sua maior responsabilidade, deve ser não tenho certeza, a segurança do patrimônio publico municipal e, da defesa civil, então não vejo por parte das palavras do vereador (advogado) EDNOR qualquer nexo em relação ao ilustre secretário e, tenho certeza que o Ministério Publico de Macau, é sabedor destas mortes e está tomando as suas providencias.

A policia Militar, desta cidade não esta achando normal, os homicídios que foram nas cidades circunvizinhas, e não nesta cidade; por parte da PM., não esta banalizada não, estamos efetivando as rondas nos período noturno, porem não temos culpa da disputa por tráficos de drogas, cada um tem seu livre arbítrio de procurar as melhoras ou pioras de suas vidas. Me mostre vereador: EDNOR, esta estatística que diz que aqui houve quatro homicídios, ou o senhor perdeu a aula de direito que fala sobre tempo e espaço, se perdeu pesquise; Exemplo: Se resido em Guamaré e, há um fato tido como crime em João Câmara, o crime não pode ser apurado nesta cidade de Guamaré, onde resido e, sim onde ocorreu o fato, ou seja, João Câmara, porque o senhor tá trazendo os fatos para esta cidade? Por perseguição a Policia Militar, como sempre o fez, inclusive por várias vezes nos pressionando com estas palavras de cheque em branco.

O senhor vereador EDNOR, fala em tom ameaçador e querendo se passar por vítima, elegeu-se através do voto dos traficantes, o senhor é quem, ofende a constituição Federal, estando ainda nesta casa e, ameaçando enterrar a viatura Policial Militar, com estas palavras o vereador EDNOR, ameaçou não um carro que é de ferro e sim aos Policiais Militares, que são os manipuladores da viatura; o vereador EDNOR, esta com as suas palavras querendo atingir diretamente este comandante, uma vez já ter tentado no passado um plano maligno para nos exonerar do comando desta cidade, por entender que este comandante é um obstáculo nos seus interesses políticos, uma vez sermos nós que diuturnamente combatemos o trafico de drogas nesta urbe e, somos sabedores que este vereador com estas palavras tenta macular o nome da Policia Militar, nos acusando de estar omissos nos homicídios, uma vez mesmo não sendo de nossa responsabilidade, atendemos a ocorrência de homicídio nas cidades de Pedro Avelino e Galinhos, onde temos varias testemunhas, destes fatos; porem o vereador EDNOR, querendo ganhar IBOPE, foi até o plenário e sem preparo algum falou palavras que jamais engolirá, porem o seu único objetivo é nos prejudicar conseguindo com tais palavras a nossa saída da cidade e a volta dos traficantes, que são seus eleitores e mantenedores de sua possível reeleição, uma vez ele ter conhecimento de que vários traficantes, saíram desta cidade para praticar seus atos nocivos em outras localidades, e os aqui remanescentes foram presos; Mas, onde a verdade chega a mentira não prevalece vereador EDNOR, procure ver as cidade vizinhas, o que esta acontecendo, mostre esta estatística mentirosa que falou na tribuna, aqui você é a parte mal dos fatos e não a vítima como deseja ser, você quer a volta da violência, dos assaltos, da prostituição, do trafico intenso, que aqui existia e hoje não tem mais, existindo apenas pequenos traficantes que ficam escondidos nos matos, dentro de buracos protegidos pelo senhor, vereador EDNOR, que vive a custa da miséria dos coitados dos viciados, o senhor tem um viciado na familiar vereador EDNOR? É um sofrimento, vende tudo rouba, furta, se prostitui, não faça isso não vereador, não desvirtue a realidade dos fatos não vereador EDNOR, o senhor está incentivando o trafico, sabe por que? Porque o senhor elegeu-se através dos traficantes e, seus familiares, porque o senhor é um advogado fraco de porta de Delegacia, que vive através da miséria das famílias sofridas, vítimas do trafico.

Diante dos fatos acima esclarecidos, peço que a própria população desta cidade faça o juízo de valores do trabalho da Polícia Militar e, do vereador EDNOR.

Guamaré  em Dia

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*