Sindicato dos petroleiros decide entrar em greve nesta quinta

P8301363 [640x480]

Os petroleiros do Rio Grande do Norte entrarão em greve a partir da próxima quinta-feira (17). Dentre as reivindicações, a categoria cobra melhores condições de trabalho e salários, reivindica o cancelamento do leilão de Libra e o arquivamento do Projeto de Lei número 4330, que muda a relação de trabalho dos petroleiros.

A categoria esteve reunida no último sábado (12), em Natal. O sindicato ofereceu aos trabalhadores o “Seminário de Qualificação de Greve”.

O evento contou com a participação da diretoria colegiada, além de assessorias da Entidade. Na ocasião, foi confirmada a decisão de paralisação com parada de produção, assim como as formas de realização da atividade nas bases administrativas e operacionais.

Durante a atividade, também foi lembrada a importância de se buscar ampla adesão dos trabalhadores terceirizados, pois as principais bandeiras de luta incorporadas nesta campanha afetam de alguma forma a realidade do trabalhador petroleiro do setor privado.

Sobre o PL 4330, a categoria o batizou como “Projeto de Lei da Escravidão”. De acordo com o Sindicato dos Petroleiros e Petroleiras (SINDIPETRO) do RN, os trabalhadores seriam alçados à condição de prestadores de serviço, retirando benefícios trabalhistas que teriam direito.

Eles também são contra o leilão de libra, que segundo o sindicato, equivale a quase toda reserva brasileira de petróleo provada. O Sindipetro afirma temer que o valor do arremate seja inferior ao real, prejudicando todo o país.

texto de fato e foto Águas de Maré

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*