Sesap quer normalizar abastecimento de medicamentos no RN

Com os últimos repasses realizados, a expectativa da Secretaria é que, até a próxima semana, o abastecimento da rede hospitalar possa estar em um nível melhor que o atual

sesap

Na manhã desta terça-feira (11) o secretário estadual de Saúde Luiz Roberto Leite Fonseca, esteve reunido com os fornecedores de insumos e medicamentos para discutir a questão do abastecimento da rede hospitalar do Estado. Na ocasião, o gestor da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) expões, de forma clara, as dificuldades que a rede vem vivenciando, em função da insuficiência dos recursos financeiros, amplamente divulgada pelo Governo do Estado, e destacou o empenho da atual gestão que, mesmo diante da crise econômica, tem buscado oferecer um melhor atendimento à população.

Durante o encontro, Luiz Roberto Fonseca admitiu que a falta de autonomia financeira da secretaria estadual de Saúde torna a Sesap totalmente depende de repasses financeiros da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) para honrar os compromissos com fornecedores. Segundo o secretário esta é uma das situações mais angustiantes para quem administra um órgão público.

“Não poder planejar os próprios gastos é o mais angustiante da gestão. A autonomia financeira da Sesap deverá ser uma das principais propostas a ser defendida pela próxima gestão da Saúde. Ao assegura o repasse orçamentário regular será possível, ao gestor, equalizar as dívidas existentes. O orçamento precisa ser feito de forma mais realista, sem contingenciamento de recursos. Desta maneira obteremos uma Saúde Pública de melhor nível”, disse o secretário.

Um dos exemplos apresentado pelo secretário da Sesap, aos fornecedores, para demonstrar a nítida priorização da gestão pela Saúde Pública pelo Governo, pode ser observado no relatório financeiro que a Secretaria irá apresentar a equipe de transição. Em 2011, a Sesap foi recebida com uma dívida aproximada de R$ 160 milhões de reais, valor este que a atual gestão fez cair para quase R$ 90 milhões. “Mesmo diante das frustrações de receitas declaradas pelo Governo, conseguimos diminuir a dívida que nos foi repassada em torno de R$ 60 milhões”, ressaltou Luiz Roberto.

A Sesap se comprometeu em dar celeridade aos processos existentes e, para isso, constituiu uma equipe de resposta rápida para garantir o acompanhamento integral das tramitações processuais. Também foi sinalizado aos fornecedores o que ainda será possível repassar em termos financeiros, nesta gestão, atentando para a não realização de novas dívidas.

“Já repassamos R$ 2 milhões na semana passada aos fornecedores e estamos buscando assegurar junto a Seplan, até sexta-feira (14), o repasse de mais R$ 2,5 milhões a R$ 3 milhões. Com esses recursos vamos priorizar, basicamente, as empresas que, mesmo com a inadimplência do Estado, vêm fornecendo material, e também aquelas que, prioritariamente, têm insumos relacionados ao abastecimento hospitalar, bem como as empresas que têm insumos relacionados a demandas judiciais. Para o próximo mês estamos prevendo algo em torno de R$ 4 a R$ 4,5 milhões para a manutenção do abastecimento”, disse.

Com os últimos repasses realizados, a expectativa da Secretaria é que, até a próxima semana, o abastecimento da rede hospitalar possa estar em um nível melhor que o atual. Apesar dos pagamentos já estarem sendo realizados, a Sesap explica que a maioria das empresas fornecedoras não possuem estoques no RN e, por isso, precisam de alguns dias para que possam entregar o material.

“Foi uma reunião muito positiva, pois tratamos o assunto com muita responsabilidade e transparência. Apesar de tudo, constatamos que os fornecedores têm uma confiança muito grande em nossa gestão e, neste momento, é essa confiança que estamos evocando. Aproveito para exaltar a conduta dos nossos fornecedores de medicamentos e insumos que prestam serviços a Sesap, que, apesar de toda a situação enfrentada, tem demonstrado interesse em continuar apoiando a gestão”, concluiu Luiz Roberto.

JH

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*