SALÁRIO MÍNIMO DEVERIA SER DE R$ 3.258, DIZ DIEESE

images

 

EXAME.COM

São Paulo – O salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 3.258,16, de acordo com oDieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

É este o valor necessário “para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”, segundo a instituição.

Os R$ 3.258 representam mais de 4 vezes o valor do mínimo atual, de R$ 788. A partir do início do ano que vem, o mínimo passa para R$ 865,50, uma alta de 9,8%.

Pela lei atual, o salário mínimo no Brasil é reajustado pela soma da variação do INPC (inflação para população de baixa renda) no ano anterior, acrescido da taxa de crescimento real do PIB dois anos antes.

O cálculo da Dieese é feito com base no valor da cesta básica mais cara, atualmente a de Porto Alegre. A última pesquisa do Dieese mostrou diminuição do valor da cesta básica em 15 das 18 cidades pesquisadas.

Veja o valor do salário mínimo da Dieese nos últimos meses:

 

Nominal Necessário
Agosto R$ 788 R$ 3.258,16
Julho R$ 788 R$ 3.325,37
Junho R$ 788 R$ 3.299,66
Maio R$ 788 R$ 3.377,62
Abril R$ 788 R$ 3.251,61
Março R$ 788 R$ 3.186,92
Fevereiro R$ 788 R$ 3.182,81
Janeiro R$ 788 R$ 3.118,62

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*