RN tem fila e confusão por gasolina

O Dia da Liberdade de Impostos levou, ontem, uma multidão de motoristas a  três postos de combustíveis de Natal, onde a gasolina estava sendo vendida com 53,7% de desconto. Em um posto na zona Sul, a fila chegou a 2 km, dando a volta no quarteirão. O primeiro cliente a ser atendido chegou às 1h30 da madrugada.  No Tirol, a polícia foi acionada para conter um princípio de confusão.

posto

A campanha que permitiu a redução de preços ontem foi uma iniciativa da CDL Jovem de Natal, que é parte da Câmara de Dirigentes Lojistas, e teve a adesão de 1 posto em Mossoró e três postos em Natal, um na Av. Ayrton Senna, um no Tirol e outro na zona Norte. Cada posto ofereceu 2 mil litros para a campanha, sendo no máximo 20 litros para carros e 5 litros para motos.

A vice-presidente da CDL Jovem, Clarissa Medeiros, explicou que a proposta da ação foi conscientizar a população sobre a carga tributária sobre todos os produtos. Ela conta que esta foi a primeira vez que os postos aderiram a campanha. “No caso dos  combustíveis, 53% do valor final corresponde a impostos, incluindo todos os encargos, e isso reflete um impacto em toda economia, pois quase tudo depende do transporte. São tantos encargos que nem os empresários conseguem calcular isso direito”, esclarece.

Segundo Clarissa, a população não tem a percepção de quanto de imposto há em cada produto, e muitas vezes, acha que o alto custo do produto se deve ao lucro dos empresários.

O  proprietário do posto RS, na  av. Ayrton Senna, Emídio Melo, ressaltou que os postos que aderiram a campanha que arcaram com os custos. “Essa não foi uma decisão barata, pois iremos dar o desconto, mas teremos que pagar os impostos”, destaca o empresário, que revela ter gasto R$ 5 mil com a ação.

De acordo com Melo, a gasolina, que no posto é vendida por R$ 3,06, ficou por R$ 1,45.

Confusão
No posto São Pedro, no Tirol, a insatisfação pelos que não conseguiram ser atendidos gerou confusão. E a polícia teve que ser acionada para acalmar os ânimos e evitar depredações.

O presidente da CDL Jovem, Rafael Monte, disse que o problema ocorreu porque os motoristas fizeram 3 filas distintas, inclusive, na contramão. “Tinha gente furando fila, querendo pegar ficha a pé e teve um princípio de confusão, mas o posto gentilmente cedeu mais 50 fichas de 10 litros por carro”, esclarece.

Monte ressaltou que a intenção da campanha não é comercializar, mas conscientizar, por isso, a venda foi limitada.

O músico George Carvalho foi um dos motoristas que recebeu a senha de 10 litros. Ele disse que as senhas extras só foram entregues depois de um proteto dos motoristas. “Eu cheguei aqui de 6h30, teve gente que chegou às 4h e saiu sem ficha porque não tinha organização.  Depois que disseram que não tinham mais senhas, os motoristas começaram um protesto, abastecendo R$ 0,50 , pedindo nota fiscal e pedindo o teste de qualidade de combustível, onde o posto tem um custo. Só depois disso que eles distribuíram mais senhas”, relata.

Kelvin Brito, técnico de Petróleo e Gás, também recebeu a senha de 10 litros. Segundo ele, o tumulto só aconteceu por falta de informação. “A gente não sabia que ia ter ficha e nem a quantidade que seria vendida, por isso, começou a confusão”.

Números
4 Postos do Rio Grande do Norte participaram do Dia da liberdade de impostos, ontem. Três deles estão localizados em Natal
20 Litros era o volume limite de abastecimento por veículo, no caso de carros. Para as motos, o limite foi de 5 litros

 

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*