PT-RN: Aliado de Fátima vence em eleição marcada por problemas

Na segunda feira dia 11, foi divulgado que  o atual presidente Eraldo Paiva  tinha sua  chapa apoiada pelo deputado estadual Fernando Mineiro, teria vencido o PED, mas as notícias que estão em circulação nos jornais de hoje, dão conta que Olavo Ataíde o qual era apoiodo  pela Deputada Federal Fátima Bezerra venceu as eleições,  sendo então o novo presidente estadual do PT-RN

fatima

Olavo Ataíde é eleito novo presidente do Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Norte (PT-RN). O candidato, que é apoiado pela deputada federal Fátima Bezerra, venceu o Processo Eleitoral Direto (PED) com uma diferença de nove votos.

O processo eleitoral petista foi marcado por problemas de desorganização. Vários filiados que estavam em dia com o partido foram impedidos de votar, por ser alegados atrasos ou problemas de irregularidades em suas inscrições. O problema foi de ordem nacional, mas o atual presidente e candidato derrotado Eraldo Paiva pretende levar a questão para a executiva nacional indeferir a eleição.

“Realmente, houvesse esse problema, mas não podemos alegar quem possa ter sido beneficiado. Foi um problema em todo o Brasil, que a executiva nacional já reconhece que houve. Só em Salvador foram mais de 700 filiados que não puderam votar”, comentou o candidato vencedor Olavo Ataíde.

Outro problema no pleito eleitoral foi o anúncio precipitado da eleição de Eraldo Paiva como vencedor na segunda-feira. Além disso, há uma cidade no Rio Grande do Norte em que a sua ata não foi considerada, por ainda não saber se realmente houve Processo Eleitoral Direto no local. Caso se confirme, a diferença pró-Olavo aumenta para 28 votos.

Eleições de 2014

Olavo Ataíde afirma que o debate central do PT-RN não era o processo eleitoral de 2014, uma vez que essa discussão só entra em debate em assembleia prevista para abril do próximo ano. Dessa forma, Ataíde descarta também a possibilidade de candidatura própria do PT para o Senado e Governo do Estado.

“A prioridade do partido é a eleição de Fátima Bezerra ao Senado Federal. Para isso, precisamos nos fortalecer com os partidos aliados da presidente Dilma Rousseff aqui no estado. Vamos debater com PMDB, PSB e outros partidos. Lógico que nenhum desses partidos vai aceitar que o governo e o senado sejam candidatos do PT. Então, vamos colocar nossas condições, que é candidatura de Fátima ao Senado. Além disso, vamos buscar manter nossas cadeiras na Assembleia e também a vaga na Câmara. Só não nos aliamos com os partidos que são adversários nacionalmente”, ressaltou Olavo.

Fonte Defato

 

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*