Presidente do Tribunal também defende a privatização da Caern

desembargador-claudio-santos-marcos-garcia-41

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN), desembargador Cláudio Santos, mantém a defesa de privatização da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), como parte de projeto de recuperação das finanças do Estado e da retomada de investimentos em áreas como saúde e segurança pública.

No entanto, o desembargador está defendendo uma opinião pessoal, e não da instituição que preside.

“Fui chamado para opinar e dei a minha opinião, e assim o farei”, disse em visita ao titular do blog no final da tarde desta terça-feira (8).

Cláudio Santos também defende a privatização da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN), sustentando a ideia de que é preciso reduzir a estrutura do Estado para o governo voltar a investir em áreas vitais.

Inclusive, o desembargador sugere reduzir a estrutura do próprio Judiciário, considerado o mais caro do País em termos proporcionais. “É preciso a participação de todos”, afirma. “O que não pode é o RN ter uma saúde falida e uma segurança que não funciona”, justifica.

 

Blog do César Santos

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*