PREFEITURA DE PEDRO AVELINO COMPRA SEM LICITAÇÃO MAIS DE 100 MIL REAIS E RECEBE NOTIFICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

 

aaa [640x480]

         A Prefeitura Municipal de Pedro Avelino fez uma compra para aquisição de medicamentos e insumos hospitalares sem licitação de mais de 100 mil reais, inclusive não obstante se trate de recursos próprios a publicação foi feita unicamente no Diário da União, sem nenhuma publicação na FEMURN, talvez uma forma de tirar esse fato dos olhos do povo.

           Contudo, sempre atento o Ministério Público identificou o fato como irregular e está encaminhando Recomendação para cancelar a compra, pois além de constituir ato de improbidade administrativa ainda configura crime do art. 89 da Lei nr. 8.666/93. Além da irregularidade em si que decorre do próprio ato, o mais grave é que essa compra direta se dar exatamente durante o pleito eleitoral, inclusive datada de 14 de maio de 2018, ainda não há medicamentos e insumos suficientes no hospital, pois a população reclama desse desabastecimento, situação que causa bastante espanto e que requer uma fiscalização do Ministério Público para se constatar se de fato já houve essa compra e quanto foi pago, pois desde que assumiu o novo Prefeito e atual candidato o portal da transparência não mais ostenta informações, sem falar que as publicações sumiram da FEMURN, fato lamentável e perigoso.

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*