eleicoes-2016-urnas-eletronicas-brasileiras_00310012016

O potiguar que não votou, não justificou ausência nas últimas três eleições ou não pagou as multas correspondentes têm até a próxima terça-feira (2) para regularizar sua situação na Justiça Eleitoral. Caso não compareça ao respectivo Cartório Eleitoral até a data, o eleitor terá o título cancelado.

No Rio Grande do Norte, 17.694 eleitores estão com seus títulos irregulares. Só em Natal, mais de seis mil pessoas encontram-se em débito com a Justiça eleitoral. Segundo Andréa Campos, Diretora Geral do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), os faltosos, em sua maioria, residem em um município diferente daquele em que estão alistados.

Não se incluem nestas estatísticas cidadãos de voto facultativo – analfabetos, jovens de 16 a 18 anos incompletos, maiores de 70 anos e pessoas com deficiência.

Normalizando a situação com a Justiça Eleitoral

O primeiro passo para ficar em dia com a Justiça Eleitoral é entrar no site do TRE-RN (www.tre-rn.jus.br) > Eleitor > Débitos do Eleitor, preencher os dados e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU). A multa custa R$ 10,50 e pode ser paga em qualquer banco.

O eleitor, então, deve comparecer à sua Zona Eleitoral portando o comprovante de pagamento, documento oficial com foto, comprovante de residência e título eleitoral. O endereço das ZEs podem ser consultados na página www.tre-rn.jus.br/institucional/zonas-eleitorais/enderecos-e-telefones.

Novo Jornal