POPULAÇÃO DE ANGICOS REZA PARA SÃO JOSÉ

Com 88 anos de idade e 60 anos de vida sacerdotal somente em Angicos, o monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto abriu a série de três missas nesta quinta-feira (19), que encerra as festividades religiosas em homenagem ao padroeiro do município, São José. Aos fiéis, a maioria vestida de amarelo, a cor simbólica da veneração ao pai terreno de Jesus Cristo, o monsenhor Francisco das Chagas Pinto destacou que “ser santo é fazer a vontade de Deus e cumprir aquilo que Ele deseja”.

missa

Durante a homilia da primeira celebração – a chamada “missa dos devotos” – já às 6 horas do Dia de São José, o monsenhor Chagas Pinto explicou para a comunidade católica angicana que a Bíblia Sagrada não traz muitas informações a São José, mas a pouca referência, “mas forte”, é de que ele “é um homem justo”, o que nas escrituras quer dizer um santo.

O monsenhor Chagas Pinto destacou para os fiéis católicos a importância de São José para a Igreja Apostólica Romana, pelo fato dele ter sido escolhido por Deus, sendo de uma linhagem real e da família de Davi, para ser o responsável para ser o Pai de Jesus, o seu Filho, na terra. “É a maior missão que um homem podia ter”, além da responsabilidade de preservar Maria do “pecado original” para ser a mãe do Filho de Deus. “Nossa Senhora foi preservada dessa mancha”, disse o monsenhor.

TN

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*