PEDRO AVELINO:  MINISTÉRIO PÚBLICO OPINA PELA NULIDADE DO PROCESSO SELETIVO

1A

2A

3A

4A

Em Parecer bastante fundamentado, o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado opina pela suspensão imediata de todas as contratações realizadas em face do processo seletivo realizado pela Prefeitura Municipal de Pedro Avelino. Segundo o Ministério Público o exíguo tempo constante no Edital se mostrava impossível que fossem realizadas tantas entrevistas em um único dia, ainda que fossem divididas entre os membros da comissão.

Alega ainda a autoridade que a Prefeita no prazo que lhe foi dado para se explicar não trouxe nenhum documentação capaz de comprovar a legalidade do processo seletivo, pelo contrário, confirmou que não havia dado publicidade ao processo de seleção. Além da determinação para suspender o processo seletivo o Ministério Público insiste na investigação, notadamente quanto á comprovação das inscrições, entrevistas e etc, situação que pode complicar a vida política da Prefeita, uma vez que constatada a fraude isso pode lhe custar ação penal, improbidade e até sua inelegibilidade, está em forma de pena aplicada pelo TCE/RN.

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*