PEDRO AVELINO: ASSASSINATO DE “DEDÉ DE BODETE” É ESCLARECIDO PELA POLICIA

 

fffffffffffffff

ppppppppppppppp

Na madrugada do último Sábado dia 06 aconteceu um crime de homicídio na cidade de Pedo Avelino distante 48 km da cidade de Angicos, um homem foi encontrado morto em sua própria residência vitima de dois disparos de arma de fogo sendo um na região da nuca e o outro no rosto. A vitima foi identificada pela policia militar como sendo o comerciante José Júnior Ferreira de 43 anos de idade popularmente conhecido como “Dedé de bodete”.

Os policiais militares de Pedro Avelino sob o comando do Sargento Simplício iniciaram já na manhã do domingo as investigações na tentativa de prender os autores do crime e, já na tarde de ontem graças a denuncias recebidas por telefone Sargento Simplício juntamente com o Cabo Santos e o Soldado Jácio conseguiram prender as pessoas de Felipe de Souza Nascimento de 18 anos de idade e Ruam Carlos de Souza Ferreira de 20 anos de idade que após serem interrogados pelos policiais confessaram o crime.

Os dois indivíduos foram trazidos na tarde de ontem para a delegacia de policia civil de Angicos para serem apresentados a Doutora Mariana de Lima Tofollí delegada de Policia de Angicos que, também responde pela cidade de Pedro Avelino. Em depoimento a policia civil quando estava sendo confeccionado o auto de prisão em flagrante de ambos réus confessos do crime disseram que mataram “Dedé de bodete” para roubar certa quantia em dinheiro que eles sabiam que a vitima tinha guardada em casa.

Os dois tinham amizade há muito tempo com a vitima com quem costumava a cassar e pescar. Pelo fato de terem acesso constante a casa da vitima na noite do crime eles foram como de costume levando duas espingardas de fabricação artificial conhecida como “bate bucha”, começaram a conversar com a vitima por volta das 23 horas e por volta da meia noite e trinta já da madrugada de sábado pediram a “Dedé de bodete” que lhes dessem um pouco de água para beber. Quando a vitima teria se dirigido até a geladeira ficando de costas para os acusados Felipe (de camisa vermelha na foto) teria disparado um tiro de espingarda na sua nuca, quando a vitima caiu ao solo já pedindo socorro devido o ferimento que sofreu Ruam (de camisa rosa na foto) deu o conhecido no jargão policial como “tiro de misericórdia” no rosto da vitima que veio a falecer de forma instatanêa no local.

Em seguida os dois foram até o quarto da vitima e encontraram o valor de 500 reais e levaram sendo que cada um ficou com 250 reais. Ainda se envolveu no fato uma moça de nome Fernanda Alves de Santana de 18 anos que é prima dos acusados e que teria escondido em sua residência as duas espingardas que foram utilizadas no crime.

De acordo com a Bacharela Marina de Lima Tofollí Delegada de Policia de Angicos e responsável também pelos procedimentos de policia judiciária em Pedro Avelino Felipe e Ruam foram autuados em flagrante de delito no artigo 157 paragrafo 3º do Código Penal Brasileiro pelo crime de latrocínio quando se mata a vitima para rouba-la, como também no artigo 14 do Estatuto do Desarmamento que é porte ilegal de arma de fogo. A garota Fernanda foi autuada no crime de favorecimento real que é passivo de pena alternativa a ser aplicada pela justiça, a mesma deverá responder em liberdade por ter escondido em sua residência as armas do crime. Já Felipe e Ruam depois de atuados em flagrante serão transferidos para um Centro de Detenção Provisória (CDP) onde ficarão aguardando o pronunciamento da justiça.

Fonte: Digo e provo

 

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*