Ouvidoria do TSE divulga dados de atendimento ao cidadão

transparencia_2

A Ouvidoria é um canal de comunicação direto e efetivo entre o cidadão e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que tem como finalidade prestar informações e esclarecimentos institucionais, receber informações, consultas, sugestões, questionamentos, reclamações, críticas e elogios, além de auxiliar e incentivar ações que estimulem o exercício da cidadania, bem como atender aos pedidos de acesso à informação de que trata a Lei nº 12.527/2011.

O relatório é uma das ferramentas que auxiliam a Ouvidoria a dar transparência às suas ações, auxiliar gestores do TSE na melhoria dos serviços oferecidos à sociedade, assim como socializar as percepções e os resultados dos trabalhos que são desenvolvidos na unidade. Sendo assim, o trabalho da Ouvidoria atende ao requisito da transparência no serviço público, fornecendo dados de forma passiva, quando responde a questionamentos do cidadão. A transparência na Justiça Eleitoral também ocorre de forma ativa, por meio da divulgação de dados e informações de interesse público nos veículos de comunicação, tais como o Portal do TSE, a página oficial do Tribunal no Twitter e a fanpage da Corte no Facebook, entre outros canais.

Relatório

As informações divulgadas no relatório da Ouvidoria são resultado da consolidação dos dados gerados pelos gráficos do sistema informatizado “Atendimento ao Cidadão” (SAC), que possibilita o mapeamento das demandas recebidas e tratadas pela unidade. O período compreendido é de janeiro a junho de 2016.

De acordo com o levantamento, o canal mais utilizado para o recebimento de relatos foi o telefone (70,20%), seguido da internet (16,01%) e do e-mail (12,66%).

A maior incidência de relatos refere-se a pedidos de informação (90,32%), seguida de reclamações (3,82%) e de pedidos referentes à Lei de Acesso à Informação (2,61%). Outros relatos correspondem a sugestões, denúncias, agradecimentos e elogios.

O relatório também aponta as demandas cadastradas conforme o tema questionado pelo eleitor. Em primeiro lugar aparece a emissão de certidão de quitação de crimes eleitorais (19,69%), seguida de registro de candidato (13,86%) e título eleitoral (9,75%). Também constam no levantamento demandas relativas à filiação partidária, propaganda eleitoral, certidão circunstanciada, andamento processual, consulta de situação eleitoral e local de votação, pesquisa de legislação eleitoral e Lei da Ficha Limpa, entre outros. O maior número de relatos foi proveniente do Distrito Federal, seguido de São Paulo e Minas Gerais.

Além do relatório, foi aplicada uma pesquisa de satisfação, respondida por cerca de 20% dos cidadãos que acionaram a Ouvidoria. O índice de satisfação geral, levando em consideração os quesitos “cortesia/educação”, “prazo de atendimento” e “orientação prestada” foi de 96,97%, o que demonstrou o cumprimento da meta de 80% estipulada para a avaliação dos serviços prestados ao cidadão com base na certificação ISO 9001:2008.

O canal do TSE de acesso à informação encontra-se disponível no Portal. Clique aqui para acessar.

A Ouvidoria também está no Portal. Clique aqui para acessar a página.

Novo jornal

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*