O problema não foi resolvido:Presos voltam a ficar aglomerados no corredor da Delegacia de Macau, RN

macau

A Delegacia de Polícia Civil da cidade de Macau, na região salineira do Rio Grande do Norte, voltou a aglomerar presos pelo corredor da unidade. A carceragem possui vaga para 30 detentos e está lotada, segundo o agente Wilson Silva.

Foto registrada na noite desta quinta-feira (5) mostra cinco homens sentados na entrada das celas. Contudo, o agente afirma que chegou para trabalhar na manhã desta sexta e encontrou apenas um preso custodiado no corredor.

mapa

Em contato com o G1, a coordenadora do sistema prisional potiguar, Dinorá Simas, disse que iria averiguar a situação e prometeu remover para outra unidade qualquer detento que estiver no corredor da DP.

Denúncias
No dia 11 de março deste ano, além dos 30 detentos que se espremiam no interior das celas da Delegacia de Macau, 17 presos chegaram a ocupar o corredor da delegacia – entre eles três mulheres. Elas foram amarradas com cordas. Uma estava grávida de três meses e outra amamentando.

A situação foi denunciada  pelo Sinpol. Diretores do sindicato estiveram no local, fizeram fotos e vídeos e informaram o caso ao Ministério Público Estadual e ao Poder Judiciário. Macau fica no litoral Norte potiguar (Foto: Arte/G1)

O coordenador de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte na época, o major Castelo Branco, classificou como “falha de comunicação” o fato de as três mulheres presas terem sido amarradas entre os detentos homens no corredor da Delegacia de Macau. “Não era para elas terem ficado lá. Tomamos muito cuidado com os casos de mulheres. Era para a Polícia Civil ter nos informado”, explicou o coordenador.

No dia seguinte, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) disponibilizou vagas em unidades prisionais de Natal e Caicó e os presos que estavam no corredor foram transferidos

G1

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*