JARDIM DE PIRANHAS E TIMBAÚBA DOS BATISTAS ENTRAM EM COLAPSO NO ABASTECIMENTO D´ÁGUAS

índice

Mais dois municípios do Rio Grande do Norte entraram na lista das cidades que têm o abastecimento de água em colapso: Jardim de Piranhas e Timbaúba dos Batistas, os dois na Região Seridó. Os sistemas dessas cidades foram paralisados por causa da situação de colapso da Adutora Manoel Torres, que além de abastecer essas cidades, também abastece parte de Caicó. A adutora vinha recebendo água do complexo Curemas-Mãe D’Água, da Paraíba.

O Governo do Estado está em entendimento com o Governo da Paraíba para que seja feita a limpeza dos 100 km do rio que fica dentro do território paraibano. Com isso, espera-se que a vazão volte a aumentar. A limpeza no trecho potiguar já foi providenciada.

Com a entrada em colapso do sistema Manoel Torres, no último final de semana, a cidade de Caicó agora está sendo abastecida apenas pelo Açude Itans. Com uma vazão de 350 metros cúbicos de água por hora, o volume de água do Itans não é suficiente para abastecer a cidade inteira. Portanto, as áreas mais altas de Caicó estão desabastecidas.

Comportas
O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Claudio Santos defendeu o fechamento das comportas dos principais reservatórios de água do Rio Grande do Norte para assegurar o abastecimento da população e rebanhos das regiões atingidas pela seca. A proposta foi discutida com o governador em exercício, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, durante a visita ao dirigente do Judiciário. A estiagem prolongada foi um dos assuntos abordados entre os dois.  Claudio Santos defende que a Polícia Militar deve atuar para garantir o cumprimento desta medida prioritária.

O governador em exercício, Ezequiel Ferreira de Souza, estava acompanhado do presidente interino da Assembleia Legislativa, deputado Gustavo Carvalho, e do também parlamentar, Manoel Cunha Neto. “Externamos nossa preocupação com o momento difícil pelo qual o Estado passa quanto à longa estiagem, a gerência das águas e a falta d’água que atinge a boa parte da população do Rio Grande do Norte” disse o desembargador,  completando que defende que  as barragens de Apodi e a Armando Ribeiro Gonçalves sejam fechadas e destinadas, exclusivamente, para o consumo humano e animal,  pensando-se no abastecimento hídrico e a possibilidade do enfrentamento de mais um ano de seca, em 2016.

O governador em exercício destacou o fato da atual seca ser atípica, com quatro anos de existência e que segundo os meteorologistas deve continuar no próximo ano, e causar grande nível de evaporação nos reservatórios que ainda restam. “A seca, talvez, seja o maior desafio que os poderes públicos do Rio Grande do Norte devem enfrentar atualmente, e o governo do Estado tem feito sua parte, perfurando poços inclusive em áreas urbanas de cidades atingidas pelo desabastecimento e dando celeridade a obras de adutoras”, ressalta Ezequiel Ferreira de Souza.

TN

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*