Henrique Alves entre os 10 que mais arrecadaram dinheiro para a campanha de 2014

IMG_7105 [640x480]

O presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, do PMDB, está a frente dos adversários na disputa pelo Governo do Rio Grande do Norte não apenas nas pesquisas de intenção de voto. Segundo levantamento feito pelo jornal Gazeta do Povo, o peemedebista potiguar está entre os 10 que mais arrecadou recursos financeiros para a campanha eleitoral e entre os cinco candidatos a governos estaduais de todo o Brasil que mais tem dinheiro para gastar na disputa.

Se considerando todos os candidatos registrados, a presidente da República, Dilma Rousseff, do PT, é a que mais arrecadou. Está na casa dos R$ 9,64 milhões. Depois, aparece Delcídio Amaral, candidato a governador de Mato Grosso do Sul, com R$ 8,66 milhões. A lista segue com Aécio Neves (candidato a presidente); Luiz Pezão (governador), Geraldo Alckimin (governador), Eduardo Campos (substituido por Marina Silva, candidata a presidente), Cristiane Brasil (deputado federal), Paulo Câmara (governador de Pernambuco) e, finalmente, Henrique, na 9ª posição.

Ou seja, dentre os candidatos ao Governo, Henrique só ficou atrás dos concorrentes a governador do Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco. E mais: da relação dos maiores arrecadadores, não aparece o nome de nenhum outro candidato ao Governo do RN.

Com relação aos doadores, dos dez maiores doadores, cinco são empreiteiras. OAS (uma das doadoras de Henrique), com R$ 18,9 milhões, e Queiroz Galvão, com 14,8 milhões, vêm, respectivamente, em segundo e terceiro lugares no ranking dos maiores financiadores eleitorais. Somando-se as doações de UTC Engenharia (R$ 10,9 milhões); Grupo Carioca Christiani Nielsen (R$ 6 milhões); e Andrade Gutierrez (R$ 4,8 milhões), as empresas do setor doaram juntas R$ 55,4 milhões nesta fase da campanha. No setor de logística, a Cosan foi uma das maiores financiadoras, com R$ 6,8 milhões.

A Telemont Engenharia de Telecomunicações, também aparece na lista de doadores de Henrique, é outra grande doadora. Com R$ 11,9 milhões repassados para as campanhas, ficou em quinto lugar. O partido preferido da empresa é o PMDB. Mas também receberam recursos PP, PR, Pros e PSDB. Do total, R$ 500 mil foram doados a candidatos a deputado federal paranaenses.

Completam a lista dos dez maiores doadores duas empresas do segmento de bebidas. A Ambev doou R$ 11 milhões – no estado, R$ 15 mil para o Solidariedade e R$ 380 mil para Gleisi Hoffmann. Já a Arosuco Aromas e Sucos fez doações de R$ 6,7 milhões em todo o país.

TN

Um comentário para Henrique Alves entre os 10 que mais arrecadaram dinheiro para a campanha de 2014

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*