Hélio Willamy: “O reconhecimento do UNICEF é uma conquista inédita e de todos”

Helioprefeito

Ao mobilizar gestores e a população, a metodologia do Selo Unicef tem contribuído na melhoria de vida de crianças e adolescentes desde 2006. Certificada na etapa 2013/2016 do prêmio, a cidade de Guamaré passa agora a fazer parte da estatística dos municípios que alcançaram resultados no Semiárido nordestino, em indicadores importantes, como a redução da mortalidade de crianças menores de um ano.

O prefeito Hélio Willamy foi um dos grandes entusiastas dessa conquista e esteve em toda essa trajetória ao lado da equipe da Secretária Municipal de Assistência Social, Marisa Rodrigues.  “Esse reconhecimento do UNICEF é de todos”, considerou o prefeito, logo após ser comunicado da aprovação do município pela primeira vez. O prêmio será entregue em Natal no dia 02 de dezembro.

Mérito
Comemorando a notícia que recebeu no final da tarde desta quinta-feira, 24, o prefeito Hélio destacou a importância do projeto, desde o planejamento, até a execução das ações pela garantia dos direitos das crianças e adolescentes no município. “A participação da comunidade e das próprias crianças e adolescente, da Comissão Municipal Pró-Selo e o papel articulador do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente-CMDCA nos levaram a essa conquista histórica”, concluiu o prefeito.

Sobre o Selo
O Selo UNICEF – Município Aprovado é um reconhecimento internacional que o município pode conquistar pelo resultado dos seus esforços na melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes, a partir de um diagnóstico e de dados levantados pela entidade reconhecida internacionalmente.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social
Site: www.guamare.rn.gov.br | E-mail: comunicacaoguamare@gmail.com
Instagram: @GuamareOficial |Facebook: Prefeitura de Guamaré

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*