Ex-prefeito luta contra fechamento de escola tradicional em Macau

A escola Duque de Caxias, uma das mais tradicionais da região, com mais de 90 anos de história

macau

O Governo do Estado, apesar do que havia prometido a governadora Rosalba Ciarlini, confirmou: deve encerrar as atividades na escola Duque de Caxias, uma das mais tradicionais da região, com mais de 90 anos de história. Contudo, isso não causou a desistência daqueles que querem a escola estadual ainda funcionando. Pelo menos, não causou para o ex-prefeito de Macau, Afonso Lemos, que pretende se reunir novamente com a Secretaria Estadual de Educação e evitar o encerramento das atividades da Duque de Caxias.

“Novamente” porque, em contato com a governadora do Estado, Afonso já havia conseguido dela a promessa de que a escola não fecharia. “Fui conversar com a governadora e mostrar que o Duque de Caxias é uma escola tradicional. Ela está para o macauense, assim como o Atheneu está para o natalense. É uma escola histórica, com 90 anos de tradição. Diante disso, pedimos que Rosalba não fechasse a escola e ela me garantiu que isso não aconteceria”, narrou Afonso Lemos.

Contudo, uma notícia diferente, negativa, foi dada pela secretária de Educação, Bethânia Ramalho, na manhã desta segunda-feira. “Estamos fazendo isso em todo o RN. A ideia é concentrar escola que tem um menor Ideb em outra que tem um maior. Mas a Duque de Caxias não vai ser fechada, será utilizada para o Pronatec, para aulões, ações culturais, cursinho”, justificou a secretária, acrescentando que isso é uma medida importante para melhorar a administração pública.

Apesar de não servir mais para o ensino fundamental e o médio, a escola Duque de Caxias, pelo menos, seguirá como palco para educação de jovens. Antes, a notícia é que o prédio serviria de abrigo para o 6ª Diretório Regional de Educação (Dired), provocando protestos locais de estudantes e professores. “Os estudantes podem ficar tranquilos que não ficarão sem vagas. Estamos concentrando eles em outra escola que tem vaga suficientes para abrigá-los e ainda sobra vagas”, garantiu Bethânia.

Fonte: JH

 

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*