Ex-deputado federal Laíre Rosado sai da cadeia para cumprir pena em regime semiaberto

médico e ex-deputado federal Laíre Rosado (PSB) cumprirá o restante da sua pena em regime semiaberto. Ele foi preso pela Polícia Federal no dia 22 de março, em Mossoró, no Oeste potiguar. Laíre foi condenado a 11 anos de prisão por corrupção passiva na Operação Sanguessuga em 2017, mas só neste ano teve foi preso, por mandado expedido pela Justiça de mato Grosso.

O ex-deputado deixou a Cadeia Pública de Apodi, na região Oeste, neste sábado (30) e foi para casa. Laíre Rosado está sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica e é obrigado a se recolher à noite na residência em que mora. Ele pode voltar a trabalhar normalmente, desde que utilize o equipamento. Laíre Rosado Filho trabalha atualmente como médico.

O ex-deputado foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF), em 2006, de ter destinado R$ 110 milhões em emendas parlamentares para um esquema criminoso que pagava de volta para ele 10% de propina. Os crimes teriam acontecido no período de 2000 a 2005.

Os recursos desviados deveriam ser destinados a municípios do Rio Grande do Norte, por meio de instituições controladas por sua família, mas eram desviados.

A prisão foi determinada em julho de 2014. Laíre Rosado recorreu, mas foi derrotado na Justiça neste ano. O caso quase chegou a prescrever.

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*