Dilma libera recursos para mobilidade em Natal

A prefeitura de Natal trabalha com a expectativa de iniciar,  neste primeiro semestre de 2014, as três obras de mobilidade urbana que tiveram recursos assegurados dentro dos R$ 23,12 milhões do PAC 2, anunciados pela presidente Dilma Rousseff, na manhã de ontem, no Palácio do Planalto, em solenidade acompanha pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves e pelo prefeito Carlos Eduardo.  A secretária municipal de  Planejamento, Virgínia Ferreira, informou que cerca de R$ 10 milhões desses recursos destinam-se a elaboração de projetos executivos para outras sete obras visando a  melhoria do sistema de transporte de massa no município.

dilma

Virgina Ferreira explicou que a norma do governo federal, agora, é de só liberar recursos para obras que já têm projetos executivos elaborados, daí a liberação de R$ 13,7 milhões para a construção de quatro terminais de ônibus,  quatro estações de transferências e mais 1.052 abrigos de passageiros do sistema de transporte coletivo em Natal.

A secretária municipal de Mobilidade Urbana, Eliquicina dos Santos, informou que com a liberação dos recursos pelo governo federal, o próximo passo é a assinatura do convênio com a Caixa Econômica Federal e, em seguida, abrir licitação pública para a contratação de empresas interessadas na execução das obras: “É coisa para este semestre”.

Eliquicina dos Santos estima que até o fim de junho também seja feita a concorrência pública para elaboração dos projetos executivos das outras obras, que demandam, a priori, recursos da ordem de R$ 440 milhões.

Projetos
Nesse caso, os recursos se destinam às construções de túneis que vão viabilizar a implantação do BRT (Bus Rapid Transit), que consiste na implantação de corredores exclusivos para ônibus articulado e bi-articulado; corredores exclusivos para ônibus convencional, além de um plano cicloviário, construção de um terminal de integração trem/ônibus e o inteligente de monitoramento do sistema de transporte coletivo.

Além dos R$ 23,12 milhões assegurados para as três obras que já tem projetos executivos aprovados no Ministério das Cidades e para a elaboração do projeto executivo de mais sete obras, Eliquicina dos Santos informou que foram repassados para a Caixa Econômica cerca de R$ 104 milhões para complementação do corredor exclusivo da avenida Bernardo Vieira, que hoje vai até a rua Romualdo Vieira, mas será estendido até a rua Xavier da Silveira, em Morro Branco.

Segundo Eliquicina, a prefeitura aguarda apenas o sinal da CEF para abrir a licitação das obras, que inclui a concretagem de todo o corredor exclusive de ônibus da av. Bernardo Vieira, bem como a implantação de corredor exclusivo entre o Planalto e à Ribeira, passando pela rua Coronel Estevam (antiga av. 9) e ainda a construção de um elevado nas confluências dos bairros do Planalto e Cidade Nova.

Também inclui-se, dentro de R$ 104 milhões, a criação de um corredor de ônibus na rua Mário Negócio, no sentido Alecrim – Quintas e ainda a construção de um túnel na avenida Alexandrino de Alencar com a avenida Salgado Filho e na Bernardo Vieira com a Prudente de Morais.

TN

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*