Consultora do MAPA reúne-se com pesquisadores da EMPARN

Para obter informações e colher dados sobre as pesquisas agropecuárias desenvolvidas pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, a consultora Patrícia Martins da Silva do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), esteve reunida na manhã de hoje (30), com pesquisadores da instituição, de diversas áreas, na Estação Experimental do Jiqui, em Parnamirim. Além de conhecer a atuação da empresa potiguar, a consultora levou um farto material técnico publicado nos últimos anos, para consolidar o seu trabalho.

Engenheira Agrônoma, Patrícia Martins foi contratada pelo ministério para fazer um levantamento junto às instituições públicas de pesquisa agropecuária de cultivares que tenham aptidão para serem introduzidas em sistemas orgânicos e agroecológicos.  Dentre os diversos consultores contratados, ela é a responsável pelo levantamento de dados nos ecossistemas do Pantanal, Caatinga e Mata Atlântica. Um dos objetivos do trabalho de coleta em campo é colaborar para a elaboração de políticas públicas do Governo Federal voltadas para o desenvolvimento dos sistemas em estudo. Pretende-se, também, mapear as dificuldades das instituições em desenvolver pesquisas científicas para sistemas de produção orgânicos e agroecológicos e fomentar projetos de pesquisa nestas áreas.

No Rio Grande do Norte foram escolhidas 12 culturas, no primeiro momento, entre as quais, sorgo, caju, algodão, milho e feijão. Da parte do cultivo do caju, por exemplo, ela ouviu do pesquisador João Maria Pinheiro que a EMPARN e os produtores do Estado do Rio Grande do Norte trabalham atualmente com seis clones, em várias comunidades de diversas regiões, como a Serra do Mel, Oeste e Serra de Santana. A empresa desenvolve prioritariamente pesquisas voltadas para a agricultura familiar, disponibilizando aos produtores rurais materiais genético de qualidade.

 

EMPARN – Gerência de Transferência de Tecnologias e Comunicação
– Assessoria de Comunicação –

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*