Conselho Federal de Medicina afere que Guamaré é o município número em investimentos na saúde no RN

A cada estatística divulgada, a cidade de Guamaré se firma positivamente no cenário nacional, quando o assunto é saúde pública. Nesta segunda-feira, 21, o Conselho Federal de Medicina divulgou o ranking dos municípios em relação a investimentos por habitante no ano de 2017, e a cidade é novamente campeã.

No município salineiro, durante a gestão do então prefeito Hélio Willamy, quando o atual prefeito Adriano Diógenes estava Secretário de Saúde, a prefeitura desembolsou R$ 2.298,96 por habitante no setor de saúde. A cidade é a primeira no Rio Grande do Norte.

“Esses dados refletem o nosso compromisso de vida com a população guamareense. A meta da nossa gestão é avançar na saúde, otimizando os custos, mas preservando a garantia da excelência na prestação de serviços”, revelou o prefeito Adriano Diógenes.

Segundo o relatório divulgado hoje, o município de Guamaré ficou na sexta colocação entre todos os municípios brasileiros, no ranking dos que mais gastam com saúde per capita. Ainda de acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), um total de 95, das 167 cidades potiguares, desembolsaram valores abaixo da média nacional. Outros estudos divulgados anteriormente também trazem o município como destaque.

4º lugar no Brasil

Segundo o ranking nacional divulgado o ano passado pela Fiocruz Pernambuco, Guamaré se credenciou como o município que mais investiu em Saúde no Estado. De acordo com a classificação, a cidade aparece em 4º lugar no Brasil, considerando o valor investido em saúde pública por pessoa. A avaliação mostrou na época que a prefeitura investiu R$ 3.107,34 por habitante, quando a média nacional desse valor é de R$ 743,85.

O destaque de Guamaré se volta para a cobertura de 100% da população pela Estratégia Saúde da Família e Programa Saúde Bucal. A atenção básica atende a população em 14 Unidades Básicas de Saúde distribuídas por todo o território, todas com prontuário eletrônico em funcionamento.

Média complexidade

Na média complexidade ambulatorial, o município disponibiliza dois Ambulatórios Médicos Especializados.  Os serviços ofertam atendimento em várias especialidades médicas,  como também exames complementares, tais como: raio-X, ultrassonografia, eletrocardiograma, endoscopia digestiva, colonoscopia, laringoscopia, retossigmoidoscopia, entre muitos outros.

Além disso, a Prefeitura de Guamaré disponibiliza a população um Centro Especializado em Reabilitação, garantindo atendimento em reabilitação nas áreas auditiva, física e intelectual a 26 municípios. Já na média complexidade hospitalar, o município, através da Secretaria de Saúde, atende a toda população de Guamaré e Região, sendo o maior polo de cirurgias eletivas do Rio Grande do Norte.

São mais de 50 tipos de procedimentos cirúrgicos realizados no Hospital Manoel Lucas de Miranda, em várias áreas, que vão desde a ginecológica e obstétrica até a realização de procedimentos ortopédicos de média complexidade por vídeoartroscopia.

Os dados divulgados pela Fiocruz Pernambuco foram coletados, através de informações contidas no Sistema de Informações sobre Orçamento Público em Saúde (SIOPS).

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*