CIDADÃO EMITE OPINIÃO SOBRE A MUDANÇA DA FEIRA LIVRE DE BAIXA DO MEIO

Alô amigos do águas de maré, eu sou Sebastião H. Teixeira nasci aqui em baixa do meio em 1967, a feira livre deste distrito foi iniciada em 1964 debaixo de uma latada de palha até o presente dia de hoje, nunca teve o seu dia modificado sempre foi aos domingos, exceto em feriados especiais.

Nos últimos dias eu tenho ouvido rumores acerca de uma provável mudança da feira livre do domingo para o sábado segundo o que eu tenho ouvido falar, entra em sena a câmara municipal de Guamaré, eu só fico na expectativa de saber se esses vereadores são dignos de ouvirem a opinião dos consumidores, pois se enganam terrivelmente quem pensa que uma feira livre é feita por feirantes, nada disto quem faz uma feira funcionar são os consumidores que a frequentam em busca de variedades de produtos e preços mais baixos, seguindo esses ideais entendemos que ao transferirem a feira para o dia de sábado esses consumidores ficarão no prejuízo, se não vejam:

Primeiro: comerciantes de João câmara, Macau, Alto do Rodrigues e Jandaíra provavelmente não poderão vir, isto provoca desabastecimento de frutas verduras e carnes.

Segundo: no dia de sábado nem todos moradores de baixa do meio poderão ir à feira, pois muitos na parte da manhã trabalham e isto provocará prejuízos aos próprios feirantes.

Em parte eu creio que se a câmara municipal de Guamaré estiver mesma interessada a ajudar o nosso distrito, muitas coisas mais hão de importância a serem tratadas bem como: uma agencia bancaria para o nosso lugar. A questão de o DNIT ter planos para uma provável duplicação da BR 406 o que afetaria nosso distrito e outros mais importantes.

Um comentário para CIDADÃO EMITE OPINIÃO SOBRE A MUDANÇA DA FEIRA LIVRE DE BAIXA DO MEIO

  • Marcos Fonseca  diz:

    Acho muito importante a atitude que a Câmara de Guamaré toma no sentido de discutir com a população a mudança do dia da feira em Baixa do Meio,do Domingo para o sábado. Mesmo já mostrando que haverá resistência por parte dos feirantes e consumidores, a Câmara parece que vai insistir no assunto. Neste sentido a a casa do povo mexe numa data que há décadas existe agradando a maioria – Isso não quer dizer que a memória não tenha razão. Só que a casa do povo, não tem a mesma atitude para abrir a discussão sobre a mudança da data e hora das sessões,das terças-feiras pela manha, para a sexta-feira a noite, um anseio da população que quer essa mudança.Apesar do apelo pela a mudança dos horários da data e horário das sessões, a Câmara faz vista grossa e escuta com ouvido de mercador, desconhecendo o apelo da população, para que tome uma decisão que ela,a Câmara, pode tomar sem prejuízos a população.Agora com relação a feira mudança da data do dia de feira em Baixa do Meio, a casa está disposta a gastar energia e enfrentar um desgaste a recuar, mas não empenha para a mudança sem de desgastes.Para ser coerentes os nobres vereadores, no mínimo era para abrir discussão dos dois assuntos,coisa que eles não pretende fazer, o motivo não se sabe.

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*