CESSÃO DE TERRENOS DA UNIÃO EM MACAU GARANTIRÁ A CONSTRUÇÃO DE RANCHOS DE APOIO À ATIVIDADE PESQUEIRA

macau

MACAU – Em solenidade realizada na terça-feira, 9, o prefeito Kerginaldo Pinto (PMDB) assinou um termo de cessão de dois terrenos da União para a construção de ranchos de apoio à atividade pesqueira, junto a representantes da Secretaria do Patrimônio da União.
O evento aconteceu no Ecoposto do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (Idema) – Ponta do Tubarão, na comunidade de Diogo Lopes.
Segundo o termo de cessão, o município de Macau terá direito a posse dos dois terrenos, nas localidades de Diogo Lopes e Barreiras durante os próximos 20 anos. Os ranchos serão construídos para uso exclusivo da pesca artesanal, através da manutenção das embarcações, o manuseio e a guarda dos apetrechos de pesca.
O evento foi prestigiado com a presença de pescadores e populares, lideranças das comunidades de Barreiras e Diogo Lopes, representantes da Petrobras, Idema e da Reserva Ponta do Tubarão. Pelo Patrimônio da União, assinou termo de cessão dos dois terrenos Yeda Cunha de Medeiros Pereira, superintendente da Secretaria do Patrimônio da União no Rio Grande do Norte.

Pronatec já capacitou cerca de mil jovens

Ainda no âmbito administrativo, na busca de meios para a capacitação de jovens e trabalhadores na cidade de Macau, o prefeito Kerginaldo Pinto encontrou no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal, foi um aliado forte e já tem formado quase mil trabalhadores no município.
Com o Pronatec Campo, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, foram feitas as primeiras parcerias e segundo o secretário da pasta, Rodrigo Cruz, três turmas estão sendo formadas nos cursos de Agente de Projetos Sociais, Agente de Desenvolvimentos Cooperativista e Operador de Retroescavadeira.
Um total de 60 pessoas está sendo capacitado e ainda recebendo bolsas de remuneração por hora aula. As orientações teóricas e práticas servirão não só para o currículo dos beneficiados, mas facilitarão o desenvolvimento de projetos de geração de renda.
“Esses cursos, além de oferecer uma profissão, têm também o propósito de emancipar famílias de programas sociais dos governos, tornando as pessoas donas dos seus próprios negócios”, destacou o prefeito Kerginaldo Pinto, que não mediu esforços para chegar a essa nova realidade.

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*