Cerca de 90% dos servidores aderem a parada de advertência

p_not_arq57fb9b64d01f7

Uma grande quantidade de servidores públicos no município de Mossoró aderiram a parada de advertência deliberada na última quinta-feira, 6, pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum). Segundo a presidente do órgão, Marleide Cunha, a adesão da categoria atinge cerca de 90%.

Marleide Cunha informou que pouquíssimas escolas estão funcionando e que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) estão paradas. Já em relação as Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) há uma escala reduzida dos servidores das três unidades.

“90% dos servidores aderiram a parada de advertência de dois dias. Poucas escolas estão funcionando e todas as UBS’s estão paradas. Somente os comissionados e terceirizados realizando as tarefas nestes órgãos. Nas UPA’s está havendo uma escala reduzida. Lá eles também tem os plantões que não foram pagos”, disse Marleide.

O Sindiserpum protocolou ofício encaminhando as reivindicações dos servidores, tanto quanto ao pagamento dos salários dentro do mês, quanto ao cumprimento de alguns acordos assumidos, como retroativo aos meses de maio e junho, PMAQ e 13º, além da mudança no calendário, revelou a presidente do sindicato.

Na última quinta-feira, os servidores seguiram em caminhada e ocuparam a sede do Executivo.

Uma nova assembleia com a categoria está marcada para o próximo dia 18. Nela será analisada a resposta da Prefeitura de Mossoró a cerca das reivindicações da categoria. Dependendo do que for comunicado pelo Executivo mossoroense um indicativo de greve poderá ser votado.

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*