Caern confirma que oferta de água pode ser reduzida nos próximos meses

 

Índice

A previsão de que o período chuvoso deve ficar na média ou abaixo da média na região, anunciada durante o XV Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, realizado em Fortaleza, preocupa não somente os agricultores, mas também a população da zona urbana de Mossoró, que teme ter que racionar água nos próximos meses, uma vez que em virtude da estiagem dos anos anteriores a situação dos reservatórios do Estado é alarmante. A própria Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) confirma que a oferta pode ser reduzida na cidade.
A Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, por exemplo, está com menor nível desde a sua fundação, há 30 anos. Balanço da Caern estima que o reservatório, considerado o maior do Estado, esteja funcionando com pouco mais de 30% da capacidade máxima.
Responsável pelo fornecimento de água em pelo menos 34 municípios, a Armando Ribeiro Gonçalves abastece a Adutora Jerônimo Rosado, que distribui 30% da água utilizada diariamente pela população mossoroense, o que significa dizer que, caso a barragem localizada entre as cidades do Assú e São Rafael entre em colapso, o abastecimento em Mossoró será diretamente prejudicado.
“Na região do Médio Oeste, já foi adotado o rodízio, racionamento. Cidades como Pau dos Ferros e Caicó estão com o sistema paralisado, dependendo de carro-pipa. Poderemos ter, sim, a oferta de água reduzida em Mossoró, já que a Adutora Jerônimo Rosado contribui para o abastecimento de toda a cidade”, diz o gerente regional da Caern em Mossoró, Nehilton Barreto.
Localidades como o Centro, Paredões, Barrocas, que demandam uma grande quantidade de água da adutora, podem ter problemas, “mas não acredito em black out, racionamento de forma geral, não vai chegar a esse ponto”, destaca o Nehilton Barreto, acrescentando: “Mas só o tempo vai dizer”.
O gerente explica que a situação na segunda maior cidade do RN não é ainda mais preocupante porque 70% da água distribuída no município é oriunda de poços, que apesar de terem sua capacidade reduzida ao longo das últimas décadas, ainda permanecem atendendo às necessidades da população.
“Os poços não irão secar, não há previsão de eles ficarem a zero. As previsões apontam para um período chuvoso normal ou abaixo do normal, as notícias são tão ruins, se as chuvas vieram, não haverá problemas”, conclui.

Adutora Jerônimo Rosado será paralisada hoje para manutenção

A partir das 7h até as 12h, a Companhia de Águas e Esgotos do RN realizará serviço de manutenção na Adutora Jerônimo Rosado, para substituição de bomba de captação. Com isso, o abastecimento nesse período será paralisado, sendo restabelecido na sequência.
Com a manutenção da adutora, o abastecimento de água será reduzido em 30%. As localidades mais afetadas com a redução da oferta de água serão o Centro e os bairros Paredões e Barrocas.
A Caern orienta os moradores que economizem água durante o dia de hoje. O ideal, segundo a empresa, é que os cidadãos mantenham as caixas de água cheias e evite o desperdício, além de reduzir o consumo de águas nas atividades diárias.

O Mossoroense

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*