A VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE GUAMARÉ, UMA LUTA MAIS QUE LEGÍTIMA.

 

banner-sindserg

lutasindicalA luta dos trabalhadores pela a implantação dos planos de cargos e salários, surgiu com a reorganização do movimento sindical nos anos 80, após o processo da abertura política no país.

Quando se trata de planos de cargos e salários, é natural que o trabalhador pense logo em aumento de salários, esquecendo os demais importantes pontos tão quanto o salário, que é a sua carreira e o cargo que ocupa.

Todavia, esse processo é lento e gradual, e pode levar anos, pois o que está em discussão não é somente um plano de cargos e salários, como também uma correlação de forças entre o trabalhador e o patrão.

A História tem mostrado que os sindicatos mais organizados e mais representativos, foram os que mais obtiveram avanços nesta discussão, porém os planos de cargos que foram conquistados, ficaram muito aquém da expectativa de suas categorias.

Então, para que os servidores públicos de Guamaré, possam conquistar um bom plano de cargos e salários, é fundamental que o sindicato esteja organizado, que a categoria esteja coesa, lute e participe dando sugestões para as suas carreiras.

Outro ponto importante está na questão política da discussão, por se tratar de uma correlação de forças, em algum momento umas das partes terão ceder, para que se chegue ao objetivo que é da implantação do plano.

Por outro lado é importante que o chefe do executivo, (o caso de Guamaré), esteja disposto ao diálogo e criar uma pauta de discussão para que de fato isso venha acontecer.

Está disposição está sinalizada quando o prefeito Hélio, registrou no seu Plano de Governo implantação do tão sonhado Plano de Cargos e Salário, que poderá dar início a uma nova etapa na administração, que é o da política de valorização dos servidores públicos do município de Guamaré.

FONTE:pontocriticogmr.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*