7 de setembro foi comemorado em Guamaré, mas a independênca aqui ainda é uma utopia

GUAMARÉ FLAG

Ficamos sabendo que o sindicato em uma luta contra os absurdos praticados pela administração de Hélio de Mundinho(PMDB), contra os servidores municipais,  alugou um carro de som, no intuito de divulgar o evento para o próximo dia 24 de setembro, mas logo teve uma supresa, quando o proprietário do carro de som, que já estava fazendo a propaganda a cerca de uma hora, sem nenhuma explicação e sem nenhum “motivo aparente”, não quis mais fazer a divulgação.

Esperamos que estes motivos não sejam retaliação do governo, pois sabemos que o mesmo tem vínculo na prefeitura, para divulgar as ações do governo, mas isso não impediria em nada na divulgação do sindicato, já que trata-se de um carro de som disposto para aluguel, e o evento seria apenas um extra para o dono do carro, vamos apurar este caso mais profundamente e divulgaremos o que realmente aconteceu.

A verdade é que   em Guamaré, se vive hoje uma ditadura econômica, onde manda quem pode e obedece quem tem juízo, para amarrar o cidadão aos caprichos e vontades do sr. Prefeito, observamos que as pessoas não conseguem se expressar livremente e não tem opinião própria. Para enfraquecer os movimentos que buscam os direitos da maioria, usa-se artifícios que em muito se assemelham ao tempo da ditadura, e quem tem algum benefício do poder público, (que vale salientar não é propriedade do Prefeito e sim do povo), sente-se obrigado a ceder às vontades mais absurdas da gestão. Ao invés de educar o povo para se libertar e formar cidadãos autônomos, o que se observa aqui em Guamaré é o contrário, a educação ganha um caráter de submissão.

É muito fácil constatar o que estou dizendo, basta observarmos que, ao invés de construir moradias para a população,  o prefeito prefere manter um alugeul social, com intuito de manter o povo sempre a depender de seus “desfavores”, ao invés de promover a igualdade social e contribuir para realmente melhorar a qualidade de vida da população. É notório que o nosso município necessita de políticas públicas, que venham a gerar emprego e renda, mas os interesses políticos vão de encontro a isso, pois isso, geraria autonomia e independência financeira e social, basta ler às entrelinhas caro leitor, e verá que é verdade. E é assim  que caminha ” A nossa linda Guamaré ” , letra tirada do hino da cidade, as nossas riquezas, estão fadadas a acabar( petróleo, bem não renovável ), e quando isso acontecer, a população terá uma qualidade de vida ainda pior do que a de hoje, pois infelizmente os nossos governantes não estão preocupados com isso. É o rico ficando cada vez mais rico ( minoria ) e o pobre cada vez mais pobre ( população ).

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*