Arquivos Diário 26 de setembro de 2018

ALRN exonera suspeita de comandar esquema de desvio de recursos com servidores fantasmas

Ana Augusta Simas foi presa pela Operação Canastra Real, deflagrada pelo Ministério Público do Estado no dia 17. Segundo promotores, mais de R$ 2,4 milhões foram desviados.

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte exonerou a chefe do gabinete da presidência, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, que é investigada pelo Ministério Público do Estado por supostamente comandar um esquema de desvio de dinheiro dentro do órgão, usando servidores fantasmas. A oficialização da demissão do cargo comissionado está no Diário Oficial Eletrônico desta quarta-feira (26).

Ana Augusta, que também é a primeira-dama do município de Espírito Santo, foi o principal alvo da Operação Canastra Real, deflagrada pelo MP no dia 17 de setembro...

Leia Mais

RN terá 8.292 agentes de segurança trabalhando nas eleições de 2018

Plano operacional foi apresentado nesta terça-feira (25), no Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Segurança do Estado.

O Rio Grande do Norte terá 8.292 homens trabalhando na segurança das Eleições 2018. O plano operacional foi apresentado nesta terça-feira (25), no Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Segurança do Estado, e começa a ser executado a partir das 15h do sábado (6).

Serão 30 agentes da Força Nacional, 378 policiais civis, 221 policiais rodoviários estaduais, 112 guardas municipais, 60 policiais cedidos ao Tribunal de Justiça, que vão fazer a segurança de juízes eleitorais, 2.885 policiais no interior, 1.297 PMs em Natal e Região Metropolitana, 100 bombeiros e nove peritos. Além destes, haverá ainda 3...

Leia Mais

A DERROCADA DO GRUPO OPOSICIONISTA DE PEDRO AVELINO LIDERADO PELO DEPUTADO JOSÉ ADÉCIO É VISÍVEL

O aviso é bem claro só para os ¨amigos¨

Em tempos de liderança o deputado José Adécio apresentava os seus candidatos em grande estilo com passeatas pelas ruas da cidade e pronunciamentos em praça pública, hoje o nome nem é mais citado nos eventos políticos, deixando sua liderança em check. O movimento acontecerá em ambiente fechado para os mais próximos.

É claro que toda liderança tem um fim, é a derrocado de quem já foi o maior chefe político da região está terminando melancolicamente tentando passar o bastão para seu filho que não está sendo fácil.

Com o povo mais consciente não está sendo fácil as velhas práticas políticas emplacar o novo com ideias velhas. 

Leia Mais